falecom@sigmacon.com.br+55(19) 3342-1063

logo

Manutenção de Equipamentos de Segurança

por: falecom@sigmacon.com.br Sem categoria

Começo este artigo colocando um dado preocupante a respeito de sistemas de segurança eletrônica em condomínios. Menos de 5% dos condomínios novos contratam manutenção regular para seus equipamentos no primeiro ano de utilização (Fonte: Histórico Sigmacon). O que isto significa? Não tenho dúvidas em afirmar: redução significativa da vida útil dos equipamentos.Por que isso acontece? Acontece porque as associações de moradores em suas atribuições iniciais não se dão conta da sua importância ou sequer da necessidade de sua implantação. Conceito solidificado na indústria, onde seu custo pode chegar a 30% no custo do produto final, o gerenciamento de manutenção hoje é uma ciência em constante evolução.

Inicialmente somente falávamos em manutenção corretiva, aquela que simplesmente substitui componentes defeituosos após a sua quebra. Com a modernização e com uma demanda cada vez maior surgiu a manutenção preventiva que diminuía o tempo de parada de equipamentos por uma regularidade de substituição de componentes em função de sua “vida útil”. Uma evolução da preventiva se deu com a preditiva que consiste em um monitoramento constante de componentes e, na menor alteração de alguns parâmetros padrões, se realiza a substituição ou ajuste. Agora com a extrema competitividade entre as empresas e uma necessidade cada vez maior de se baixar custo se fala em manutenção pró-ativa que busca estudar e detectar a causa principal de qualquer evento que levou a uma falha no equipamento ou máquina.

Como podemos ver o assunto traz um histórico de importância em determinadas áreas (setor industrial) que não poderíamos simplesmente deixá-lo para um segundo plano na realidade de nossos condomínios. Um contrato de manutenção com empresa idônea e especializada desde o início das operações não garante somente a funcionalidade e a confiabilidade dos equipamentos, mas garantem também à equipe de segurança do condomínio que todo o planejamento desenvolvido pela consultoria poderá contar com o apoio desses elementos ativos, ou seja, no momento em que precisarmos de uma imagem ela estará lá, no momento em que houver uma tentativa de invasão ela será detectada.

Pensando somente no lado financeiro da situação. Não se justifica o empreendedor realizar um investimento alto em equipamentos sofisticados se o usuário final, que vai se beneficiar da sua utilização, não zelar por ele. Indo um pouco mais além na questão econômica, a relação custo/benefício para a associação é muito mais vantajosa para ela considerando o incremento na vida útil dos equipamentos em contrapartida do aporte necessário para uma manutenção preventiva.

Vamos colocar o assunto em pauta nas reuniões de condomínio, vamos discutir o tema, vamos trazer esta economia para nossos condomínios.

Fonte de dados:

http://www.mtaev.com.br/download/mnt1.pdf

http://www.manutencaopreditiva.com.br/artigos/vibbasica.pdf

* Helder Bertoli é especialista em tecnolgia, consultor em segurança corporativa e diretor de tecnologia da Sigmacon. É Engenheiro Mecânico e gestor de segurança, atuando na definição de tecnologias para cidades, condomínios horizontais e verticais e sites industriais e logisticos. Possio MBS (Master Business Security) – Curso Avançado em Segurança Empresarial e MBA (Master Business Administration) Gestão da Segurança Corporativa pela Fundação Álvares Penteado.



A última modificação foi feita em:junho 13th, 2019 as 14:04




Comentários



Adicionar Comentário